PUBLICIDADE

Análise: a sina dos técnicos brasileiros

Corinthians Futebol MARACANÃ Mercado da Bola

Neste domingo o futebol brasileiro fez mais uma vítima para a coleção de técnicos desempregados; desta vez foi o técnico do Corinthians, Fábio Carille.

Com um time em queda livre, o professor Carille já demonstrava insatisfação com o elenco e diretoria. Após a partida contra o Independiente Del Valle pela Sulamericana, Carille responsabilizou os jovens do elenco, em destaque Pedrinho e Vital; a partir deste momento ele começaria a perder o comando do elenco.

Andrés Sanchez, presidente do Timão, saiu em defesa do elenco e criticou a postura de Carille e do time, dizendo que estava com vergonha do futebol desempenhado pela equipe alvinegra. Em crise o timão estava prestes a vivenciar uma má fase terrivel; hoje amarga uma sequência de jogos sem vencer e viu seu técnico ser demitido ainda no Maracanã.

Como um técnico tri-campeão Paulista, pode viver uma fase tão horrível assim? O time dentro de campo é completamente desorganizado, e sem poder ofensivo; sofre para propor o jogo até dentro da Arena Corinthians, onde tem fama de ser bicho papão.

Carille perdeu a mão. Diversas partidas colocou Vagner Love para marcar o lateral adversário, e quando recuperava a bola o jogador estava atrás até da sua linha de volantes. Clayson teve uma queda brusca em seu desempenho durante a temporada, Boselli e Gustagol pouco recebem bolas, quando recebem já estão cercados por jogadores adversários, e acabam se tornando jogadores nulos dentro de campo.

Fagner e Cássio, líderes do elenco alvinegro caíram drasticamente de produção e não aparecem em entrevistas coletivas, deixando essa função para os jogadores jovens. Afinal, essa culpa seria totalmente do técnico Carille, ou os jogadores estavam insatisfeitos com as declarações de Carille? Não sabemos. A única coisa que sabemos, é que mais um técnico, sofreu pelo futebol “resultadista” que jogamos no Brasil.

Muitos técnicos ainda virão. Se o seu time não passou por isso este ano, espera até o resultado não vir.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2019 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS