PUBLICIDADE

Corinthians 1 x 0 São Paulo: Dia da Marmota no Majestoso

Corinthians São Paulo

12 Majestosos na Arena. 9 vitórias corintianas e três empates. O cenário estava traçado antes mesmo de a bola rolar. E o Corinthians confirmou a vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo, em sua casa.

O Dia da Marmota, filme que traz uma rotina que se repete todos os dias, simbolizou o primeiro tempo, na Arena Corinthians. Nada havia acontecido no clássico até os seis minutos. Até Fágner atacar bem pela ponta direita, cruzar por baixo, aproveitar a bola mal afastada pela defesa e servir a Pedrinho. Chute firme que desviou em Arboleda e morreu na rede.

Gol que permitiu ao Corinthians ser o que geralmente é, sobretudo com a vantagem. Um time seguro defensivamente, com dedicação intensa à marcação, e velocidade para atacar.

Diferentemente do que aconteceu com o São Paulo. Isto é, um time previsível na hora de atacar, apesar das mudanças na formação inicial. Vitor Bueno ganhou vaga como titular na articulação e Antony voltou à ponta direita, depois de ser poupado contra o Bahia.

O que não mudou foi a insistência em jogar pelo meio. Jogadas sempre por dentro, afunilando e indo ao encontro da marcação adversária. Jogadas insistentemente trabalhadas pelo meio.

Nada aconteceu depois. Porque o Corinthians foi sólido atrás e não permitiu que Cássio fosse peça importante da partida da qual Fágner dominou.

O São Paulo abusou de jogar por dentro. Irritantemente insistindo em trabalhar a bola e tentar atacar contra a parede. Incrível como insiste. Assim perdeu o primeiro jogo no Brasileirão. Assim perdeu na quarta passada para o Bahia. Se assim continuar, vai cair na Copa do Brasil na próxima quarta.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2019 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS