PUBLICIDADE

Botafogo 0 x 1 Palmeiras: Fortaleza e eficiência alviverde em Brasília

Botafogo Palmeiras

Um dos melhores zagueiros no Brasil desde o segundo semestre de 2018, Gustavo Gómez é o símbolo de um Palmeiras competitivo e ainda mais líder do Brasileirão 2019. O time de melhor defesa do campeonato, que tem o paraguaio como um dos pilares, também tem o melhor ataque. E o beque, além de eficiente atrás, se coloca de prontidão para decidir a vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, no Mané Garrincha, com gol de pênalti.

A postura intensa com a qual o Palmeiras abordou a partida, na capital federal, foi o ponto principal de um primeiro tempo em que Gatito Fernandes e Weverton não trabalharam. Lucas Lima, pela segunda vez consecutiva, foi opção como meia central no 4-2-3-1, mas teve liberdade para circular.

Marcação forte dentro do campo adversário. Com Diogo Barbosa chegando bem pelo corredor esquerdo e sendo opção para o alviverde tentar abrir o campo. Apesar de forçar os erros defensivos do Bota, não conseguiu chutar no alvo.

Ao Botafogo, muitos problemas para executar o seu modelo de jogo. Em vez de trocas de passes e velocidade à frente, a bola praticamente não saiu de trás. A ausência de Erik, por questões contratuais, se refletiu em campo. Quase nada criado no ataque.

Dificuldade de chegar à frente que seguiu na segunda parte. Embora, o Bota tenha conseguido trabalhar mais a bola, como gosta seu técnico. Resistindo bravamente na defesa e, pelo menos, não sofrendo tanto.

Até o lance de uma pênalti que, no vivo, parecia uma simulação de Deyverson. No VAR, ficou claro o calço de Gabriel no tornozelo do centroavante alviverde.

Penalidade executada com precisão por Gómez, autor de sete gols com a camisa do Palmeiras. A mesma quantidade de Lucas Lima, que até se esforçou mais.

O Palmeiras garante a liderança por mais uma rodada. 16 pontos em 18 possíveis. Eficiência de um time que joga como se fosse um reloginho.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2019 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS