PUBLICIDADE

Fluminense 0 x 1 Botafogo: Poder de fogo de Alex Santana decide clássico no Maraca

Botafogo Fluminense

O Fluminense fez um jogo melhor, finalizando 19 vezes contra o gol de Gatito Fernández e vendo dois gols serem (bem) anulados, no Maracanã. Era a chance de emplacar a segunda vitória consecutiva, depois da partidaça da semana passada, em Porto Alegre. Mas não deu. Desta vez, nem tudo o que aconteceu foi contra o Botafogo. Que, no poder de fogo de Alex Santana, arrancou uma importante vitória por 1 a 0, a terceira seguida. 

Eduardo Barroca sabia da importância de preencher bem o centro do campo. Para tentar brigar com a posse de bola volumosa do rival. Por isso, Bochecha, Cícero e Alex Santana formaram uma trinca à frente da defesa. Um 4-1-4-1 para rivalizar taticamente com o 4-3-3 ofensivo do Flu. 

Pela primeira vez, Pedro e Ganso estiveram juntos em uma formação titular do Flu, que comandou as ações no primeiro tempo. Geralmente atacava pela esquerda, em ótimo jogo de Caio Henrique, meia que joga na lateral e tem qualidade para servir. 

No segundo tempo, a pressão aumentou. A entrada de Leo Artur ajudou ao Flu chegar muito à área de Gatito e bombardeá-lo. Chegou a marcar, com Luciano, em falta cobrada em dois lances, em chute de Ganso. E depois viu o gol do beque Matheus Ferraz ser anulado, em lance impugnado pelo impedimento de Pedro. 

Em uma escapada pela esquerda, Jonathan serviu bem. Assistência perfeita para Alex Santana aparecer como um raio e testar firme, no canto esquerdo. Placar que é importante de mais para um Botafogo que entrou no BR-19 com uma desconfiança absurda pelo péssimo Carioca que fez. E que já emplaca três boas vitórias. 

Ao Flu, volta a preocupação. Apesar de boa exibição, já é a terceira vitória seguida em quatro jogos. 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2019 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS