PUBLICIDADE

Fluminense 1×2 Flamengo: com VAR, briga e polêmicas Rubro-Negro vai à decisão da Taça Rio

Flamengo Fluminense

 

Flamengo e Fluminense fizeram um clássico nervoso, cheio de tensão e polêmica nesta quarta-feira (27) no Maracanã. No final das contas, a vitória por 2 a 1 do Rubro-Negro, com gol de pênalti no último minuto, garantiu a equipe de Abel Braga na decisão da Taça Rio. Para seguir na briga pelo estadual, o Tricolor precisa torcer para o Vasco não conquistar a Taça Rio.

O duelo já começou com polêmica, como VAR sendo acionado pela primeira vez por Marcelo de Lima Henrique, que anulou o gol do zagueiro Léo Santos ao assinalar falta de Matheus Ferraz em Rodrigo Caio.

Quem abriu o placar, ainda no primeiro tempo, foi o Flamengo, em chute forte desferido por Renê. Mas apesar da vitória parcial, o time de Abel Braga desceu para o intervalo preocupado após a expulsão direta de Bruno Henrique após entrada forte em Gilberto.38

Com vantagem numérica, o Fluminense deu mais trabalho ao Fla no segundo tempo e chegou ao empate em mais um lance que contou com participação do VAR. Leo Duarte derrubou Everaldo dentro da área e Yonny González converteu a batida.

A tensão seguiu até o fim, com ambos os lados construindo chances. Na reta final, o time treinado por Fernando Diniz chegou a acertar o travessão e ter um gol corretamente anulado. Quando tudo levava a crer que o Tricolor, que tinha a vantagem do empate, conseguiria a vaga na final, um pênalti cometido pelo zagueiro Léo Santos nos acréscimos garantiu a vitória – e classificação – por 2 a 1 do Rubro-Negro depois que Everton Ribeiro converteu a batida.

Ganso ainda foi expulso no final, depois de dar um empurrão no quarto árbitro. A partida terminou ainda em clima quente, mas com o Flamengo classificado para a decisão do segundo turno.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2019 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS