PUBLICIDADE

Valor de luvas é principal entrave entre Palmeiras e F. Melo por renovação

Palmeiras

 

O valor das luvas a serem pagas pelo Palmeiras é por enquanto o principal obstáculo para Felipe Melo acertar sua renovação antecipada de contrato com o clube. Nenhuma das partes fala sobre o assunto, porém, o blog apurou que o volante aceitou uma redução em relação ao que recebe de luvas em seu compromisso atual. Acontece que ele ainda quer mais do que a oferta alviverde.

Nos últimos dias, as tratativas para a renovação travaram sob a justificativa da diretoria de que precisava se concentrar na partida de ontem, contra o Melgar, pela Libertadores.

Curiosamente, no duelo contra os peruanos, o volante foi um dos protagonistas da partida. Foi dele o gol que abriu o placar na vitória por 3 a 0 e, depois, Felipe Melo fez a torcida alviverde temer uma expulsão ao acertar um carrinho violento por trás, porém o árbitro só o advertiu com um cartão amarelo.

A negociação deve ser retomada ainda esta semana. Apesar da redução das luvas, as conversas até aqui caminharam para um pequeno aumento no salário do volante, além da manutenção de um sistema que premie assiduidade do atleta nos jogos. Como mostrou a coluna De Primeira, para trazer Melo, o Palmeiras prometeu em seu contrato atual o pagamento de R$ 8,4 milhões em luvas parceladas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2019 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS