PUBLICIDADE

Flamengo chega a acordo verbal com Rafinha, mas só o terá em julho

Flamengo

 

Rafinha será jogador do Flamengo ainda neste ano. A informação foi confirmada por um dirigente rubro-negro. Embora não exista um pré-contrato assinado, o lateral-direito e o Fla têm um acordo verbal, que passará a valer no segundo semestre.

O vínculo de Rafinha com o Bayern de Munique termina em 30 de junho e o clube alemão, por causa da excelente relação com o atleta, até aceitaria liberá-lo ao fim da temporada europeia, em maio. O problema é que a janela de inscrições no Brasil para quem chega de fora se encerra em 3 de abril.

Desta maneira, ainda que passe a treinar no Flamengo, Rafinha só terá condição de jogo a partir de 20 de junho, quando o mercado nacional reabre. O problema é que, neste momento, as competições por aqui estarão paralisadas para a Copa América, em território brasileiro – o torneio começa em 14 de  junho e termina em 7 de julho.

Rafinha assinará contrato por dois anos com o Flamengo – ele exigia três anos nas primeiras rodadas de negociação. Vice-presidente de futebol rubro-negro, Marcos Braz também conseguiu que o lateral de 33 anos também aceitasse reduzir de forma significativa seu salário, que hoje é de R$ 2,1 milhões por mês. Rafinha não ganhará nem 40% disso na Gávea.

Na atual temporada, Rafinha tem apenas 18 partidas e um gol marcado. Desde que chegou em Munique, em 2011, o londrinense já entrou em campo 258 vezes e anotou seis vezes, faturando ainda um Mundial de Clubes, uma Liga dos Campeões, uma Supercopa Europeia, além de seis Bundesligas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2019 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS