PUBLICIDADE

Postura de zagueiro chama atenção nos bastidores do Atlético-MG; entenda

Atlético Mineiro

Apontado pelo torcedor como o setor de maior fragilidade da equipe nos últimos anos, o sistema defensivo ganhou atenção especial da cúpula de futebol do ​Atlético-MG na última janela. Além de um novo lateral, o clube contratou dois zagueiros de peso: o veterano Réver e o jovem Igor Rabello. Um deles, em especial, vem se destacando nos bastidores.

​​De acordo com o ​UOL Esportes, a postura extracampo de Réver tem chamado bastante atenção de companheiros, comissão técnica e até mesmo dirigentes. Muito à vontade na Cidade do Galo, o defensor faz parecer que jamais deixou o clube, mesmo tendo passado três temporadas completas longe do Alvinegro (2016/18), anos em que defendeu Inter e Flamengo.

Assumindo o papel de líder e porta-voz do elenco, ganhou o respeito de seus colegas de equipe logo no primeiro jogo da temporada, assumindo instantaneamente a braçadeira de capitão, posto que pertencia a Leonardo Silva desde 2014. Sua forte preleção naquela partida de estreia – o 5 a 0 contra o Boa Esporte -, chegou a ser divulgada pela TV Galo.

“Nós temos um elenco forte para caramba. Mas só um elenco forte não vai vencer jogo. Nós temos que colocar isso para fora, é lutar, independente do adversário, independente da competição. A gente está aqui para vencer tudo. É isso que nós temos que pensar, fazer e agir dentro de campo. Acredito que cada um aqui quer escrever o seu nome na história do clube”, bradou o zagueiro, antes da bola rolar na ocasião.

Comandado por um ‘xerife’ inspirado, o Atlético-MG abre sua trajetória na fase de grupos da Libertadores 2019 nesta quarta-feira (6), contra o Cerro Porteño (PAR). A bola rola às 19h15 de Brasília, ​no Mineirão.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2019 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS