PUBLICIDADE

Gabigol vê “sacrifício” recompensado após vitoriosa estreia na Libertadores

Flamengo

​Poucas horas após a vitoriosa estreia na Libertadores da América, a delegação do Flamengo desembarcou no Rio de Janeiro. Por volta das 5h da manhã desta quarta-feira, o grupo já estava de volta ao Brasil depois de encarar a altitude de quase quatro mil metros de Oruro, na Bolívia. Pois, mesmo diante da adversidade do ambiente, havia um consenso de que tudo o que foi feito não foi em vão.

Autor do único gol do triunfo diante do San José, o atacante Gabigol resumiu o sentimento. “Alguns jogadores precisaram usar (oxigênio) no intervalo, e eu usei também. É muito complicado (jogar na altitude), dá dor de cabeça. Mas creio que valeu a pena todo o sacrifício pela vitória”, disse o atleta.

Suas palavras foram corroboradas pelo zagueiro Rodrigo Caio, outro que falou com a imprensa ainda no aeroporto. “Acredito que a equipe fez uma grande partida. Foi um jogo muito difícil, com um clima muito difícil e contra um time que joga muito na vertical. A gente conseguiu fazer um jogo muito seguro. Começamos com o pé direito.”

Com o triunfo, o Flamengo largou em vantagem no Grupo D, uma vez que LDU, do Equador, e Peñarol, do Uruguai, se enfrentam somente nesta quinta-feira, quando o elenco carioca já estará totalmente focado no clássico contra o Vasco da Gama, sábado, pela Taça Rio. O próximo compromisso pela Libertadores é na próxima quarta-feira, diante dos equatorianos, no Maracanã. Será o primeiro jogo de uma sequência de três que a equipe fará em casa no torneio continental.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2019 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS