PUBLICIDADE

Convocado para treinos com a Seleção Brasileira, Lucas Santos tem início de ano de valorização

Vasco

 

Carta de pouco valor no baralho do Vasco no começo da temporada, Lucas Santos precisou de três meses para alcançar grande valorização. A convocação para treinos com a seleção brasileira no fim do mês reforça o viés de alta, que pode também se converter em ganho financeiro futuro. Tetê, ex-Grêmio, serve de exemplo.

O garoto, negociado por R$ 42 milhões referentes a 60% dos direitos econômicos, foi para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, sem ao menos atuar como profissional no Brasil. O que ajudou a colocar o garoto no patamar de joia foi a convocação de Tite para treinos com a seleção principal nos amistosos contra Estados Unidos e Equador, ano passado.

O clube de São Januário esteve perto de negociá-lo com o CSKA, da Rússia, no fim de fevereiro, mas não concluiu a transferência ao não chegar a um acordo quanto a valores e percentual dos direitos econômicos incluído na tratativa. Agora, vê seu jogador se valorizar um pouco mais com a lembrança da CBF.

Lucas Santos ampliou contrato com o Vasco recentemente e ganhou aumento salarial. Com isso, sua multa rescisória também cresceu. Para seguir nessa pegada, terá de receber mais minutos em campo por parte de Alberto Valentim e aproveitar as chances. Depois de demorar a explodir, o ponta-esquerda vê a maré finalmente mudar.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2019 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS