PUBLICIDADE

Venda de Tetê aumenta o interesse dos europeus em atletas do Grêmio

Grêmio

​O ​Grêmio está vivendo um momento histórico. Por conta dos títulos conquistados nos últimos anos, o elenco acabou se valorizando ainda mais, com Walter Kannemann, Luan, Everton e Geromel em alta no mercado. Porém, não é somente o time principal que ganha elogios, já que a base do Tricolor vem formando diversos craques nos últimos anos.

No final do mês passado, o Imortal surpreendeu seus torcedores e fechou a venda do jovem atacante Matheus Tetê, de apenas 19 anos, para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, por 10 milhões de Euros, cerca de R$ 43 milhões. O jovem atacante era visto como uma das maiores promessas do Tricolor e seria questão de tempo para conquistar a titularidade.

Entretanto, segundo informações divulgadas pelo ​UOL Esporte, Tetê não era o único jovem jogador que chamou a atenção dos europeus. Como o Tricolor vem formando muitos excelentes atletas nos últimos anos, acaba por se tornar um dos principais alvos de equipes europeias. Também, há que se destacar a presença dos empresários e o grande número de convocações para a Seleção de base.

A prova disso é que desde 2016 o gigante gaúcho embolsou cerca de R$ 270 milhões somente com negociações de atletas que foram formados nas suas categorias de base. O jornal destaca que o PSG está de olho em Guilherme Azevedo, meia-atacante. O volante Fernando Henrique é bem visto pelo Atalanta, da Itália, e o atacante Da Silva tem times interessados na Espanha, Holanda e Rússia.

 

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2019 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS