PUBLICIDADE

Presidente do Grêmio define prazo para grande anúncio

Grêmio

​O presidente do ​Grêmio, Romildo Bolzan, esteve presente em um evento que reuniu grandes comerciantes do Rio Grande do Sul na última segunda-feira (18). O mandatário gremista foi um dos convidados do evento e expôs alguns detalhes para o público presente sobre o andamento da compra antecipada da Arena pelo ​Tricolor.

As negociações congelaram depois que a empreiteira OAS se envolveu em investigações de corrupção. As tratativas, no entanto, foram retomadas e avançaram de uma forma que faz com que os dirigentes gremistas estipulem um prazo curto para a compra da Arena: três meses. Apesar de alguns entraves e divisões internas, o ​Tricolor está confiante.

Inaugurada em dezembro de 2012, a Arena foi palco de cinco títulos do ​Grêmio: Copa do Brasil, Copa Libertadores, Recopa Sul-Americana, Gauchão e Recopa Gaúcha.

Em 2017 o Grêmio parou as negociações com a construtora OAS e atualmente a empresa Karagounis é quem assumiu para fazer as execuções das obras da Arena. Confira a nota oficial emitida pelo Imortal na ocasião (2017):

“Neste momento, o Grêmio não dispõe de nenhuma atividade, a não ser o uso do estádio, dos vestiários e paga para que seus sócios tenham garantidos os seus direitos através da cessão onerosa. Quando o Grêmio pensa em comprar a Arena, pensa, em primeiro lugar, por uma questão de autoestima. Uma questão de ser definitivamente possuidor, dono de toda aquela estrutura. Pensa também em fazer planos de sócios, melhorar seu perfil, não compartilhar aquelas rendas com ninguém e pensa também dinamizar e superestimar todos os processos produtivos.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2019 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS