PUBLICIDADE

Chapecoense anuncia saída do diretor de futebol

Chapecoense

 

 

André Figueiredo teve uma passagem discreta pelo clube e acabou sendo dispensado

Foto: Sirli Freitas / Chapecoense / Chapecoense

 

 

 

A direção da Chapecoense anunciou no início da tarde desta quarta-feira a saída do diretor-executivo de futebol do clube, André Figueiredo. A decisão foi tomada em reunião do presidente Plinio David De Nes Filho, o vice-presidente de futebol Cleimar Spessato e o presidente de Honra do clube, Ivan Tozzo.

Em nota o clube agradeceu o trabalho do ex-diretor e desejou sucesso em seus novos projetos.

André Figueiredo foi contratado em agosto deste ano após a saída de Rui Costa, que não concordou com a demissão de Gilson Kleina. Além disso a direção da Chapecoense já havia demitido o também diretor de futebol João Carlos Maringá.

Figueiredo, que havia trabalhado mais de dez anos no Atlético-MG, foi contratado para a função. Como diretor trouxe dois jogadores do Galo, o meia Marquinhos e o atacante Capixaba, que não deram resultado.

O diretor-executivo começou a perder força no episódio do afastamento de Wellington Paulista, quando disse para alguns repórteres setoristas do clube que não concordava com a reintegração do atacante.

Também não tinha simpatia de boa parte da torcida. Devido ao desgaste, a direção optou por fazer a troca. A direção da Chapecoense analisa quatro nomes para o cargo, mas não divulgou as opções.

 

Leia mais notícias sobre a Chapecoense

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2019 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS