PUBLICIDADE

Fartura azul: Setor importante para Mano tem cinco concorrentes de confiança

Cruzeiro

Fortalecido. Mesmo testemunhando a despedida de um de seus principais jogadores em 2018, o ​Cruzeiro se vê mais encorpado para a nova temporada em relação ao ano passado. Um dos setores que mais ganhou aquisições foi o meio-campo, aumentando o leque de variações táticas que poderão ser exploradas por Mano Menezes.

​​Como destaca o ​UOL Esportes, a posição de volante promete ser a de maior concorrência interna ao longo de 2019. A contratação de Jadson, ex-Fluminense, somada ao retorno do argentino Lucas Romero à sua posição de origem, levaram o elenco celeste de três para concorrentes de alto nível no setor. Além dos citados, Mano conta com os experientes Ariel Cabral e Henrique, além de Lucas Silva. Esses dois últimos formaram a dupla titular em 2018.

Com a comissão técnica dando indícios de que tentará atuar com dois meias – Rodriguinho e Thiago Neves -, os cinco volantes celestes brigam, teoricamente, por duas vagas no meio-campo. Para Lucas Silva, a acirrada disputa por posição é natural, saudável e fará muito bem ao Cruzeiro em 2019, pois todos os jogadores terão que se doar ao máximo para jogar.

“Desde a minha primeira passagem e depois da volta da Europa, o setor meio de campo sempre foi o de maior concorrência. Esse ano, com os reforços, ficou mais concorrida a posição. Isso é bom, aumenta competitividade, faz com que ninguém se acomode. Só tem a ganhar o Cruzeiro”, afirmou o camisa 16.

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2019 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS