PUBLICIDADE

Atlético-MG detecta carência no elenco e se mantém no mercado por reforço

Atlético Mineiro

 

Apesar de já ter sacramentado inúmeras contratações nesta janela de transferências, o Atlético-MG ainda não saiu oficialmente do mercado. ​Além dos amplos esforços para tentar repatriar o centroavante Diego Tardelli, o clube mineiro ainda monitora possibilidades para outro setor específico de seu elenco.

​​De acordo com o ​UOL Esportes, o Galo trabalha pela contratação de um lateral-esquerdo para compor elenco e fazer ‘sombra’ ao único nome da posição no elenco, Fábio Santos. Nas ausências do camisa 6, Levir Culpi tem improvisado Carlos César, por considerar que o jovem Hulk, lateral-esquerdo de ofício oriundo da base atleticana, ainda não está maduro o suficiente para ascender ao posto de suplente imediato no setor.

“A gente não está fechado para essa posição. Estamos buscando boas alternativas no mercado e tomara que a gente, dentro das nossas observações, consiga trazer um atleta que venha nos ajudar também na temporada”, afirmou Marques, diretor de futebol do clube.

Dois nomes da posição estiveram ligados ao Atlético-MG neste início de ano, mas por motivos distintos, nenhuma das negociações avançou. O primeiro dele foi o jovem Felipe Jonatan, ​do Ceará, mas a diretoria do Vozão pediu o valor integral da multa rescisória para liberá-lo ao rival da Série A: R$ 15 milhões, valor considerado fora da realidade pela cúpula alvinegra. Recentemente, Geferson (ex-​Internacional) foi oferecido por empresários ao Galo, mas o nome não agradou a comissão técnica alvinegra.


Fonte: 90min

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2019 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS