PUBLICIDADE

Relembre brasileiros com passagens “esquecidas” pela Premier League

Futebol

 

Um dos campeonatos mais glamorosos e ricos do mundo é a Premier League. Nela, diversos brasileiros já foram bem. Outros nem tanto. Por isso, o blog Gol de Canela fez uma lista com 25 brasucas que tiveram passagens “esquecidas” na maior competição da Inglaterra.

Isaías – Coventry City (de 1995 a 1997)


Após fazer fama jogando em Portugal, Isaías fez história ao se tornar o primeiro brasileiro a atuar na Premier League no formato atual*. Jogou pouco, participou de apenas 9 partidas (na liga) e marcou 2 gols.

Branco – Middlesbrough (1996)


O lateral-esquerdo Branco teve uma passagem discreta pelo tradicional Middlesbrough. Pouco utilizado, fez apenas 11 jogos pelo clube. Logo se transferiu para o MetroStars, dos Estados Unidos.

Emerson – Middlesbrough (1996 a 1997)

Pouco conhecido no Brasil, o meia Emerson jogou duas temporadas pelo Middlesbrough. É até hoje lembrado pela torcida do clube inglês pela parceria feita com o ídolo Juninho Paulista.

Emerson Thome – Chelsea, Sunderland, Bolton Wanderers e Wigan Athletic (de 1999 a 2005)

Mesmo jogando quase 10 anos na elite do futebol inglês, o nome de Emerson Thome ainda é pouco lembrado aqui no Brasil. The wall, como era conhecido na terra da Rainha, foi o primeiro brasileiro a defender o Chelsea, ainda na fase pré-Abramovich. Depois passou Sunderland, Bolton Wanderers e Wigan Athletic.

Fumaça – Newcastle (2000)


O meia José Antunes, conhecido como Fumaça, teve uma breve passagem pela Premier League quando defendeu as cores do Newcastle, emprestado pelo Crystal Palace.

Rodrigo Beckham – Everton (de 2002 a 2003)


Em 2002, Rodrigo Beckham trocou o Atlético Mineiro pelo Everton, da Inglaterra. Mas, devido a uma lesão séria no joelho, fez apenas 4 jogos na Premier League.

Roque Júnior – Leeds United (de 2003 a 2004)

Campeão mundial com a Seleção Brasileira, Roque Júnior trocou o Milan pelo Leeds United, em 2003. Porém, a má situação financeira do clube somada às propostas de equipes europeias fez com que zagueiro solicitasse à diretoria do Leeds a rescisão de seu contrato. Disputou sete partidas e acabou marcando dois gols.

Jardel – Bolton (de 2003 a 2004)


Em 2003, Jardel foi vendido pelo Sporting ao Bolton, onde jogou apenas sete partidas. Acabou sendo repassado ao Ancona, da Itália.

Ricardinho – Middlesbrough (2004)


Em 2004, o meia Ricardinho deixou o São Paulo para defender o Middlesbrough até o final daquela temporada europeia. No clube, jogou ao lado de Juninho Paulista e Doriva.

Júlio César – Bolton (de 2004 a 2005)


Com passagens pelo Real Madrid e Benfica, o zagueiro Júlio César teve uma breve passagem pelo Bolton. Fez apenas cinco jogos.

Anderson Silva – Everton (2007)


Curiosamente revelado no Nacional, do Uruguai, o brasileiro Anderson Silva teve uma breve passagem pela Premier League defendendo as cores do Everton.

Fábio Rochemback – Middlesbrough (de 2005 a 2008)

Contratado junto ao Barcelona, Fábio Rochemback jogou quase três temporadas pelo Middlesbrough na Premier League.

Cláudio Caçapa – Newcastle (de 2007 a 2009)


Após ótima passagem pelo Lyon, o zagueiro Cláudio Caçapa teve uma passagens de dois anos pelo Newcastle.

Rafael Schmitz – Birmingham City (de 2007 a 2008)

Emprestado pelo Lille em 2007, o brasileiro Rafael Schmitz não conseguiu ajudar o Birmingham City a se livrar do rebaixamento a Championship, segunda divisão inglesa.

Afonso Alves – Middlesbrough (de 2008 a 2009)


Em 2007, por € 17 milhões, Afonso Alves se tornou como o jogador mais caro da história do Middlesbrough. Porém, o jogador não conseguiu retribuir a confiança, se tornando uma das maiores decepções para a torcida. Em 42 jogos, foram apenas 10 tentos marcados.

Gláuber – Manchester City (de 2008 a 2009)


Em 2008, quando o sheik Mansour bin Zayed Al Nahyan havia acabado de comprar o Manchester City, o zagueiro Gláuber tinha sua primeira, e única, oportunidade no futebol inglês. Jogou apenas 10 minutos com a camisa dos Citizens.

Mineiro – Chelsea (de 2008 a 2009)

Contratado no segundo semestre de 2008 pelo Chelsea, a pedido do treinador Luiz Felipe Scolari, o volante Mineiro fez apenas um jogo na Premier League. Logo retornou para o futebol alemão.

Rodrigo Possebon – Manchester United (de 2008 a 2010)


Levado ao United antes de completar 20 anos após atuar nas categorias de base do Internacional, Possebon ficou dois anos na Premier League, mas só atuou em apenas três partidas.

Ilan – West Ham (2010)


Em 2010, após deixar o Saint-Étienne, o centroavante Ilan acertou contrato com o West Ham por 6 meses. Em 11 partidas na Premier League, jogando 6 como titular, marcou 4 gols.

Guly do Prado – Southampton (de 2010 a 2014)


Com uma passagem marcante pelo Southampton, o brasileiro Guly do Prado participou de duas edições da Premier League (2012/13 e 2013/14) com o clube do sudeste da Inglaterra. O volante defende hoje o XV de Piracicaba.

Bruno Perone – Queens Park Rangers (de 2011 e 2012)


O zagueiro Bruno Perone teve uma rápida passagem pelo Queens Park Rangers. Hoje, aos 31 anos, defende Real Zaragoza.

Maicon – Manchester City (de 2012 a 2013)


Em 31 de agosto de 2012, Maicon assinou um contrato com o Manchester City por £ 3,5 milhões, para vestir a camisa número 3. Sem espaço no clube, logo foi liberado e acertou com a Roma.

Wellington Paulista – West Ham (2013)


Em um dos negócios mais inesperados dos últimos anos envolvendo jogadores brasileiros, Wellington Paulista foi anunciado como reforço do West Ham no inicio de 2013. Sem receber uma chance sequer no time principal dos Hammers, voltou ao Brasil seis meses depois para defender o Criciúma.

Nenê – West Ham (2015)


Após passagem pelo Al-Gharafa, Nenê, no começo de 2015, acertou com o West Ham por seis meses. Após atuar poucas partidas, decidiu não renovar o contrato com o clube.

Alexandre Pato – Chelsea (2016)


Pato teve uma passagem de apenas seis meses com a camisa do Chelsea. Foram dois jogos e um gol.

*Observação: Atual formato da Premier League teve inicio em 1992. Antes disso, Mirandinha, em 1987, foi o primeiro brasileiro a jogar na Inglaterra. Na oportunidade, ele defendeu as cores do Newcastle.

Curta nossa página: Gol de Canela

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2018 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS