PUBLICIDADE

Capacidade levou Morumbi à abertura da Copa América

São Paulo

 

A capacidade de 68 mil torcedores foi o fator preponderante para que o Morumbi fosse escolhido para sediar a abertura da Copa América. A renúncia do Corinthians para ter Itaquera no torneio continental, que será disputado no Brasil em 2019, também teve peso. Mas a arena do Corinthians tinha capacidade para 68 mil torcedores durante a Copa do Mundo e, sem a estrutura móvel, recuou para 48 mil. A maior condição para receber grande público foi decisivo a favor do São Paulo.

”A abertura é um evento com afluência de espectadores enorme”, diz o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, do São Paulo.

O Morumbi é um estádio muito melhor hoje do que era dez anos atrás. Quem visita o campo tricolor sabe disso. Não se senta mais no cimento frio e sujo há vinte anos. Mas há mudanças fundamentais programadas para o próximo ano. As reformas do Morumbi para os próximos anos podem ser maiores ainda, mas para a Copa América já está definida a mudança do sistema de iluminação, dos vestiários e a introdução de dois telões, como os que existem nos estádios de Palmeiras e Corinthians.

O pecado do Morumbi seguirá sendo poder tomar chuva no anel superior. ”Temos três anéis. Na parte debaixo, há cobertura”, diz Leco.

O custo da obra para a Copa América está estimado em R$ 2 milhões.

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2018 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS