PUBLICIDADE

Timão utiliza semi da Copa do Brasil para “recompensar” patrocinador após gafe

Corinthians Futebol

Quem viu o jogo entre ​Flamengo e ​Corinthians, nesta quarta-feira, pode ter ficado surpreso com a presença do “PES 2019” no principal espaço destinado aos patrocinadores que pagam para colocar a sua marca na camisa do Timão. Pois isso não foi um equívoco, mas sim a compensação de um erro cometido durante partida da Libertadores.

O clube realizou uma espécie de acordo de cavalheiros com a Konami, empresa que detém o game e que paga pouco mais de R$ 4 milhões – valor este que também inclui o licenciamento do jogo. Assim, formalizou o agrado e colocou um ponto final na discussão que se formou há duas semanas, quando o “PES 2019” foi esquecido no primeiro tempo do duelo frente ao Colo-Colo, do Chile.

Na ocasião, o Corinthians alegou “um equívoco com a empresa que faz as estampas” e, assim, só incluiu o nove do parceiro no uniforme após o intervalo. A princípio, a Konami comprou um espaço “menos nobre”, a chamada barra frontal. Mas como houve esta pequena “gafe”, ocupou o local que mais chama a atenção no duelo de ida das semifinais da Copa do Brasil.

Ao menos a compensação veio no clássico entre as maiores torcidas do País e com uma grande exposição de mídia. Certamente o parceiro não ficou insatisfeito com a solução encontrada, desde que os desentendimentos, obviamente, não se repitam.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS