PUBLICIDADE

Técnico da Chapecoense disse que Corinthians estava mais inteiro na Copa do Brasil

Chapecoense Corinthians

 

Atacante Romero foi um dos que não jogou no domingo para estar inteiro no confronto desta quarta-feira, na Arena Condá

Foto: TARLA WOLSKi / Estadão Conteúdo

A estratégia do Corinthians em poupar a base do time titular no domingo, quando a Chapecoense venceu por 2 a 1, pelo Brasileirão, acabou sendo decisiva na Copa do Brasil, onde o time paulista levou a melhor, nesta quarta-feira, na Arena Condá.

O técnico da Chapecoense, Guto Ferreira, disse que o fato do adversário estar mais “inteiro”, pode ter contribuído para a eliminação.

-Os jogadores sentiram um pouco e eles pouparam 70% do elenco. A partir dos 20, 25minutos do segundo tempo começou a cair o rendimento e fiz a trocas para reequilibrar o jogo e manter o nível – disse o treinador.

Além disso o técnico não podia contar com alguns reforços que não foram inscritos na Copa do Brasil, como Diego Torres, e outros que já tinha jogado a competição por outros clubes, como o atacante Leandro Pereira.

Mesmo assim o treinador avaliou que o Verdão poderia ter classificado.

– Foi doído porque fizemos um bom jogo e estivemos perto do gol da vitória. No primeiro tempo fizemos um gol, que estava impedido, e no segundo tempo tivemos chance mas não conseguimos finalizar bem a jogada – lamentou Guto Ferreira.

No entanto o treinador destacou que a Chapecoense está jogando de igual para igual com adversários fortes e disse que a meta agora é fazer uma boa campanha no Brasileirão.

– Vamos manter o nível de confiança e fazer uma campanha o mais regular possível para crescer na tabela – projetou.

A Chapecoense está em 13º na tabela de classificação, com 21 pontos. No domingo encerra o turno encarando o líder São Paulo, no Morumbi. Mas isso não assusta a Chapecoense que já teve bons resultados no estádio tricolor.

Inclusive sob o comando de Guto Ferreira que, em sua estreia em 2015, segurou um empate sem gols na capital paulista.

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2018 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS