PUBLICIDADE

Gigante contra o Fla, Dedé vive expectativa de 1ª convocação pós-Copa

Cruzeiro Futebol

 

Um dos destaques da vitória do Cruzeiro sobre o Flamengo por 2 a 0 no Maracanã, em duelo disputado na noite desta quarta-feira, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores, o zagueiro Dedé mostrou para os observadores do técnico Tite que está mais do que à disposição para a convocação do dia 17 de agosto, lista que definirá os nomes que defenderão a seleção nos amistosos com Estados Unidos e El Salvador em setembro.

Como parte do planejamento de Tite, estiveram no Maracanã Thomaz Koerich (analista de desempenho), Fernando Lázaro (analista de desempenho) e Cleber Xavier (auxiliar-técnico da seleção brasileira).

Em coletiva de imprensa, Dedé foi questionado sobre a expectativa para esta convocação, a primeira depois da eliminação brasileira nas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia. O jogador destacou que seria um sonho, mas preferiu manter os pés no chão.

“Difícil responder sobre lista de convocação. Estou feliz com meu rendimento, minha produção, estou bem concentrado no Cruzeiro, as coisas estão rendendo por isso, mas prefiro manter os pés no chão”, disse o defensor celeste.

No dia da convocação final para a Copa do Mundo, Tite fez questão de anunciar um único nome na sua lista de jogadores que comporiam a famosa lista de espera caso algum atleta se lesionasse durante a preparação do torneio. E esse jogador foi Dedé. À época, o jogador não conteve a emoção. Uma atitude bastante significativa e que coroou o esforço do atleta, bravamente vitorioso após uma série de lesões que colocaram em risco até a sequência de sua carreira.

“É focar no meu trabalho, para mim já foi uma enorme alegria quando o professor (Tite) citou meu nome (para a lista de espera). Vou manter meu foco aqui, difícil falar, mas vai ser um sonho realizado voltar a ser convocado”, encerrou Dedé.

Como os amistosos com Estados Unidos e El Salvador serão realizados em setembro, justamente no início da temporada europeia, a possibilidade de uma convocação recheada com jogadores que atuam no futebol brasileiro é bastante grande, aumentando as chances de Dedé.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2018 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS