PUBLICIDADE

Ele está de volta! Adriano Foglia em um bate-papo exclusivo

Entrevista Futsal

O ítalo-brasileiro Adriano Foglia acertou recentemente o seu retorno para o Futsal brasileiro, e para o Magnus Futsal.

Experiente, e com uma técnica incrível, o atleta retorna ao Brasil para se juntar à Eder Lima, Falcão, Pula, entre outros. Muito questionado sobre o que ele poderia render, o atleta bateu um papo descontraído com o nosso repórter Victor Duarte, e até revelou um segredo que poucos sabiam.

Abaixo entrevista completa com o craque do Magnus Futsal, para o Prorrogação.

VD: Aqui você é considerado um ídolo, e fez o gol do título da primeira conquista nacional do Magnus. Muita expectativa em voltar a vestir a camisa do Sorocaba?

Adriano Foglia em sua primeira passagem pelo futsal de Sorocaba.

AF: O carinho e a preocupação da torcida, da cidade, da comissão técnica e do time, teve um peso enorme na decisão; não via a hora de voltar, estava procurando novos desafios para a minha carreira; estava na Itália e o time em que eu estava jogando estava passando por um problema.
Com a saída do Rocha, que é um dos melhores jogadores do mundo, surgiu a vaga, e quando recebi a ligação do Falcão e do Ricardinho não pensei duas vezes e aceitei o desafio.

VD: Você já foi considerado o melhor jogador do mundo, e ídolo no futsal italiano. Porém você nunca teve oportunidade na seleção brasileira, e é considerado ídolo na Itália e no Brasil. Como é viver isso?

AF: A luta, entrega e simplicidade faz eu ter esse carinho do torcedor. Sempre falo que na nossa categoria devemos ter muita humildade afinal nem todos ganham bem. Sai muito cedo do Brasil, com 17 anos, depois de 10 anos voltei para o Brasil e pude contribuir muito na minha passagem inclusive marcando o gol do título. Tenho família em São Paulo, e agora estou com uma neném de 8 meses. Além disso tenho parentes que não conseguem assistirem à algum jogo meu. Desde a minha chegada estou treinando fora de horário, treinando dobrado para voltar a melhor forma física; emagreci 12kg desde a minha chegada e pude estrear na última rodada da LNF e marcar um dos gols na vitória fora de casa.

Foglia jogando pelo futebol italiano.

VD: Hoje o Futsal é um esporte muito físico. O maior desafio é estar em forma para aguentar essa rotina?

AF: Tive aproximadamente 2 meses de férias, pois o meu campeonato terminou em Abril. Fiquei sem treinar, e estou fazendo tudo em dobro para recuperar a melhor forma física. Estou muito feliz, e as vezes devemos dar dois passos para trás, para conseguir dar o dobro pra frente. A “molecada” está voando, joguei a duas temporadas atrás no Corinthians com essa garotada, e hoje é uma felicidade ver eles pedindo conselho e ajuda.

Foglia em sua apresentação pelo Magnus Futsal.

VD: Qual a sua projeção de carreira para o momento? Pensa em assumir alguma comissão técnica? O que será o Adriano Foglia após o Futsal?

AF: Meu sonho é continuar no Futsal, mas ainda é muito cedo para falar sobre isso. Quero jogar por mais uns 4 anos. Se eu consegui chegar no meu peso ideal, que não conseguia a algum tempo. Vou revelar um segredo, com o peso que eu estou hoje, é o mesmo peso que joguei o mundial pela Itália, no Rio de Janeiro. Vou tentar jogar mais 1 ano aqui no Magnus, e depois disso vamos ver. Mas sonho em fazer uma carreira de técnico na Itália, afinal lá é mais fácil para estudar.

Foglia em ação pela seleção da Itália, no mundial do Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2018 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS