PUBLICIDADE

Fornada à brasileira

CBF Copa do Mundo Eliminatórias Futebol Mercado Mercado da Bola

Fabricamos como ninguém
Vendemos como poucos.
Ganhamos mais que todos.
E ainda tem gente dizendo que não se formam mais craques no Brasil.

Meu amigo, escuta esse rapaz aqui: na questão matéria prima, somos os melhores.
E seremos pra sempre.

Condições climáticas, sociais e de dna, fazem com que nossos meninos venham ao mundo prontos pra chutar uma bola, um coco ou um pote de toddynho.

Que seleção do mundo pode dizer, depois da saída de uma copa, que tem jogadores suficientes pra formar dois times fortes? Ninguém. E olha que ainda temos 4 anos pela frente.

Vão surgir outros além de Vini Jr., Rodrygo, Malcom, Neres, Gabriel.

Pode acreditar!
Somos o país do futebol.

O dia que entendermos que nossa fôrma é a melhor do mundo e que precisamos apenas aperfeiçoar o forno, a coisa entra nos trilhos.

Enquanto isso, não me venha com: “A geração é ruim.”

Por Raul Torres

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2018 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS