PUBLICIDADE

A base vem forte! Ferreirinha, a promessa do futsal

Entrevista Futsal

Assim como em todas as circunstâncias da vida, é preciso ter uma renovação para a aparição de novidades; no futsal não é diferente.

Nosso repórter, Renan Rosal bateu um papo com Gabriel Ferreira Leal, ou simplesmente Ferreirinha, de 22 anos, fixo/ala do Ponta Grossa Futsal (Paraná).

Nessa conversa, o atleta revelou um pouco da sua carreira e o que planeja para o futuro. Além de ser um fenômeno dentro da quadra, o garoto é uma incrível pessoa fora dela. Veja a nossa entrevista com Ferreirinha abaixo:

RR: Como você começou, e em qual clube foi o seu início no futsal?

GF: Bom , o futsal profissionalmente começou na minha vida no ano de 2013 , onde tive a primeira oportunidade fazendo peneira no Suzano Futsal; antes disso só jogava bola para me divertir e não pensava em nada tão  sério em relação ao futsal

RR: Depois do Suzano, por quais times você passou ?

GF: Joguei no XV de Piracicaba, mas foi apenas um torneio e me desliguei do clube; logo em seguida, fui para o São Paulo/Mogi, Elite Itaquerense e Araraquara Futsal. Agora estou longe de casa, no Ponta Grossa Futsal.

 

RR: O futsal cresce cada vez mais no cenário nacional, o que você acha que ainda pode melhorar ?

GF: Temos muitas coisas para melhorar no nosso futsal; a principal mudança, é com relação as pessoas serem mais honestas e que honrem suas palavras.

RR: Qual a grande dificuldade que você passou na sua carreira?

GF: Minha maior dificuldade é ficar longe da família e dos meus amigos; mas com o tempo vamos nos acostumando e levando naturalmente.

 

RR: Você acha que a falta de investimento no futsal ?

GF: Sim. Poucas pessoas investem no futsal, e isso impede que a categoria cresça ainda mais.

 

RR: O que você planeja para sua carreira? Qual seu maior sonho como jogador de futsal?

GF: Meu maior sonho é representar a seleção brasileira e conseguir comprar uma casa para minha mãe . Alcançando estes objetivos, minha carreira estaria completa.

RR: Você citou seleção brasileira, tem um homem na sua família que conhece os caminhos para chegar até lá, conta pra gente quem é esse homem, e o que ele significa pra você?

GF: Conheço muito bem esse cara, que pra mim é um espelho e significa muito pra mim não só como jogador e sim como pessoa; humildade, simplicidade resume essa pessoa incríve. Eu sendo um homem honesto assim como ele já está de bom tamanho.

 

RR: Em todas as entrevistas aqui no Prorrogação, deixamos a parte final da entrevista para que você possa passar uma mensagem de apoio para quem ainda sonha em ser jogador profissional, fique à vontade.

GF: A coisa mais importante, é para que ninguém desista dos seus sonhos; todos os dias vamos encontrar barreiras pelo nosso caminho. No meu caso é  ficar longe da família e amigos, além disso existem as pessoas que dizem: “você não vai conseguir”. Mas não podemos desistir, por que no final tudo dará certo, acredite!

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2018 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS