PUBLICIDADE

Sem a presença do Palmeiras, festa de encerramento do Paulistão anuncia a seleção do campeonato

Botafogo-SP Campeonato Paulista Corinthians Palmeiras Santos São Paulo

A Federação Paulista de Futebol (FPF) divulgou na noite desta segunda (09) a seleção do Paulistão. São oito representantes do Palmeiras, vice-campeão, dois do Corinthians, o dono do título, e um do Santos, eliminado nas semifinais. O goleiro Jailson foi eleito craque do campeonato.

O Corinthians é representado pelo zagueiro Balbuena e o meia Rodriguinho. O Santos tem o atacante Gabigol no time ideal

Vice-campeão, o Palmeiras tem oito representantes na formação, mais o técnico Roger Machado. Nenhum deles, porém, foi à cerimônia de encerramento do Campeonato Paulista, no Espaço das Américas, zona oeste de São Paulo – por determinação da diretoria, o clube não autorizou a presença de nenhum atleta na cerimônia,  como forma de protesto contra a arbitragem do Dérbi de domingo.

A seleção do campeonato ficou da seguinte forma:

Goleiro: Jailson (Palmeiras)
Lateral-direito: Marcos Rocha (Palmeiras)
Zagueiros: Balbuena (Corinthians) e Antonio Carlos (Palmeiras)
Lateral-esquerdo: Victor Luis (Palmeiras)
Volante: Felipe Melo (Palmeiras)
Meias: Rodriguinho (Corinthians) e Lucas Lima (Palmeiras
Atacantes: Gabigol (Santos), Dudu (Palmeiras) e Borja (Palmeiras)
Técnico: Roger Machado (Palmeiras)

Além da seleção ideal do campeonato, tiveram outras premiações. Veja abaixo os vencedores:

Craque do Paulistão: Jailson (Palmeiras)
Artilheiro: Borja (Palmeiras)
Revelação: Rodrygo (Santos)
Gol mais bonito: Rodriguinho (Corinthians x Palmeiras na primeira fase)
Craque da galera: Jailson (Palmeiras)
Craque do interior: Bruno Moraes (Botafogo-SP)
Melhor árbitro: Flavio Rodrigues de Souza

Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, que teve arbitragem polêmica na decisão do torneio, sequer foi indicado entre os três melhores da competição.

Após a derrota no último domingo, o presidente Maurício Galiotte criticou a Federação Paulista de Futebol e o trio de arbitragem do Dérbi, comandado por Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza. O dirigente reclamou da anulação do pênalti que havia sido marcado em Dudu, minimizou o torneio e falou em interferência externa.

O evento de encerramento do Paulistão teve shows de Daniel, Maiara e Maraísa, Péricles e Rael, entre outras apresentações. Uma homenagem a Cafu, capitão do pentacampeonato do Brasil na Copa de 2002, também foi parte da cerimônia da FPF.

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2018 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS