PUBLICIDADE

Alemanha x Brasil – O reencontro pós 7×1

Alemanha CBF Seleção Brasileira

Nesta terça-feira (27), Brasil e Alemanha se encontram pela primeira vez após o fatídico 7×1, na última Copa do Mundo. Muitas coisas mudaram durante estes quatro anos entre uma copa e outra, principalmente os elencos das duas seleções.

A seleção brasileira, logo após o final da Copa anunciou que Felipão não iria continuar no comando e em seguida selou o retorno de Dunga, que havia treinado a seleção canarinho na Copa de 2010; em pouco tempo, Dunga acumulou resultados negativos e estava fora da zona de classificação para o mundial. Em junho de 2016, Dunga deixou o cargo e Tite assumiu o comando da seleção, e com ele veio uma reformulação em todos os sentidos.

Com a chegada de Tite, os bons resultados retornaram e a confiança do torcedor brasileiro voltava; Tite conseguiu resultados expressivos, como a vitória por 3 a 0 contra a Argentina, a vitória por 4 a 1 contra o Uruguai, em Montevideu; além disso, a seleção brasileira foi a primeira a confirmar vaga para o Mundial.

O técnico conseguiu manter uma base solida, e demonstrando um bom futebol; alguns jogadores, como Daniel Alves, Thiago Silva, Marcelo, Paulinho, William e Neymar, participaram da Copa de 2014. Hoje a seleção já possui um grupo fechado para a Copa na Rússia, mas Tite ainda possui duvidas em algumas posições. Podemos afirmar, que hoje a seleção brasileira pode tranquilamente enfrentar os alemães de igual, sem receios de outra goleada, igual à da última Copa.

Os alemães não são os mesmos que venceram a seleção brasileira em 2014; alguns jogadores experientes como Podolski e Lahm se aposentaram da seleção nacional. O elenco alemão passou por uma grande renovação, e hoje conta com diversos jovens em seu elenco como por exemplo Kimmich, Goretzka, Werner e outros.

A base alemã foi mantida, e com a reformulação do elenco, os alemães continuam fortes; hoje o técnico Joachim Low, deixa em seu time titular os jogadores mais experientes, e com uma ou outra peça mais jovem, mas que mostram um bom futebol em seus clubes e na seleção.

A única coisa que podemos afirmar, é que Brasil x Alemanha continuará sendo um “jogão” e o histórico 7 a 1 dificilmente será repetido.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2018 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS