PUBLICIDADE

São Paulo admite vender Rodrigo Caio e deve trazer de zagueiro equatoriano

São Paulo

Zagueiro deve ser vendido mediante oferta na casa dos R$ 51 milhões (Rubens Chiri/São Paulo)
 

 

Rodrigo Caio não deve terminar 2017 no São Paulo. A impressão é da própria diretoria, convencida de que o zagueiro receberá propostas fortes da Europa. O Tricolor ainda não tem uma oferta oficial, mas foi procurado recentemente por três clubes com sondagens. A Lazio, da Itália, é uma das interessadas.

O presidente Leco fará negócio se alguém se dispuser a pagar pelo menos 14 milhões de euros, que equivalem hoje a R$ 51,4 milhões. Vale lembrar que o São Paulo tem direito a 80% do valor de uma transferência, já que os outros 20% dos direitos econômicos do defensor são divididos entre seus familiares e um olheiro.

A perspectiva de vender Rodrigo Caio é tão grande que o Tricolor já está perto de um substituto: Robert Arboleda, zagueiro da Universidad Católica do Equador. A pedida é de US$ 2 milhões, ou R$ 6,6 milhões. O São Paulo fará negócio, mas tenta diminuir o valor ainda que tenha de deixar uma porcentagem dos direitos do defensor de 25 anos para a Universidad.

Arboleda foi revelado no Olmedo, jogou no Grecia e na LDU de Loja, todos do Equador, até ser contratado pela Universidad, em 2015. Apesar de ser um defensor, ele tem excelentes números ofensivos: foram sete gols em 35 jogos no ano passado e três gols em 17 partidas em 2017.

Antes de Arboleda, o Tricolor negociou com o Santos para fechar com Cleber. A transação, porém, foi abortada devido aos valores envolvidos: o Peixe exigia os R$ 7,3 milhões investidos para contratá-lo do Hamburgo, da Alemanha.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2017 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS