PUBLICIDADE

Claudinei Oliveira espera que Avaí comece equilibrar saldo de gols

Avaí

 

 

Técnico Claudinei Oliveira elogia ciração, mas espera por mais gols do Leão

 

Um gol por partida. Quisera o técnico do Avaí, Claudinei Oliveira, que o número fosse o de gols assinalados, e não o de sofridos no Campeonato Brasileiro. A equipe azurra anotou apenas um tento até o momento no torneio e precisa fazer mais. E não é por falta de tentativa. O treinador está satisfeito com a criação da equipe. No entanto, dá sinais de que falta pouco para que a bola comece a entrar. Espera que seja a partir do sentimento positivo com a atuação nos últimos jogos.

— Acho que quando se joga bem a confiança vem junto. Pena que não conseguimos o resultado, o empate que seria mais justo. Fomos bem, mas não conseguimos fazer gol. A média é de sofrer média de um gol, mas não fizemos isso no ataque. Se tivesse ao menos um gol por jogo, poderíamos ter vencido o Vitória e empatado contra o Atlético-MG e ter sete pontos. Estamos criando, é bom, mas precisamos fazer. Esperamos que no domingo sejamos mais felizes nas finalizações. Não falta de competência ou displicência, não. Finalizamos e o os goleiros defendem, a bola passa parto. Esperamos ser mais felizes neste quesito — descreveu Claudinei.

Que seja neste domingo, espera o treinador e a torcida azurra. O Avaí vai enfrentar o Flamengo às 16h, na Ressacada. O Leão espera somar para deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

— Flamengo tem grandes jogadores, um treinador em ascensão. Tem um bom elenco e vai nos dar trabalho. É um jogo grande e vamos enfrentar três campeões brasileiros em uma semana (Sport, Atlético-MG e Flamengo). Sabemos da dificuldade e que com a doação dos últimos jogos poderemos fazer um bom resultado.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2017 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS