PUBLICIDADE

Tite prepara time misto e tenta se reinventar em clássico

Seleção Brasileira

Com Neymar, Tite conseguiu tirar a seleção da crise e classificá-la para a Copa do Mundo da Rússia-2018.

 

Apesar do excelente retrospecto da dupla, o treinador abriu mão de convocar o astro do Barcelona no jogo contra o maior rival da história do time nacional, nesta sexta-feira (9). Ele ainda fez questão de deixar outros seis titulares fora da partida que marcará a estreia de Jorge Sampaoli no comando da Argentina.

O amistoso será disputado na cidade de Melbourne, na Austrália, a partir das 7h05 (de Brasília).

Recuperado de uma fratura no pé direito, Gabriel Jesus será o substituto de Neymar, titular em sete das oito vitórias do time de Tite das eliminatórias sul-americanas.

O ex-santista é o artilheiro da seleção sob o comando do gaúcho, com seis gols. Já Jesus, que desfalcou a equipe nas últimas duas partidas, fez cinco gols com Tite.

“Uma equipe tem de estar preparada para as diversas situações do jogo. Falo de resultados negativos durante o jogo, estar vencendo, saber administrar, ficar feliz e não entrar em zona de conforto. Então, trabalhar não tendo o Neymar também é preparação”, disse o treinador.

A zaga em Melbourne será toda formada por reservas.

Ao dar folga para a maioria dos titulares, a intenção do treinador é poupá-los para a disputa do Mundial do próximo ano. Contratado em junho de 2016, Tite conseguiu acertar o futebol da seleção e está com 100 % de aproveitamento no cargo –venceu nove partidas que disputou.

No último confronto com a Argentina, a seleção deu show no Mineirão. Em novembro, o time venceu os rivais por 3 a 0. Philippe Coutinho, Paulinho e Neymar marcaram. Os dois primeiros estarão em campo nesta sexta.

“Ficar sem o Neymar é difícil, mas temos jogadores para fazer a diferença. Um Brasil x Argentina não se trata apenas de Neymar x Messi”, disse o meia Willian, que voltará ao time como titular.

 

REINVENTAR

A excursão à Austrália servirá para Tite tirar uma série de dúvidas sobre o grupo. Ele quer ingressar no último ano pré-Copa com o grupo praticamente fechado.

O corintiano Rodriguinho, o goleiro Diego Alves, do Valência, o zagueiro Jemerson, do Monaco, e o lateral direito Rafinha, do Bayern de Munique, são alguns dos observados pelo treinador.

Dupla de zaga titular na fracassada campanha da Copa de 2014, Thiago Silva e David Luiz também estão no grupo. Nesta sexta, Silva, que foi capitão da equipe na Copa-2014, será titular ao lado de Gil.

Com apenas nove jogos em um ano, o treinador disse que mudou a rotina do seu trabalho ao chegar na seleção.

“Estou tentando me reinventar. Entro na cabeça dos técnicos, vou ver mais jogos, ver os lances de cada atleta. É o momento de planejamento”, disse Tite.

Na terça-feira (13), a seleção fará o segundo e último jogo em Melbourne, quando enfrentará a Austrália.

 

TESTES

Veja alguns jogadores que serão testados por Tite

Gil
Convocado em todos os jogos das eliminatórias, zagueiro terá a sua primeira oportunidade como titular. No Corinthians, ele foi o seu homem de confiança na defesa

Jemerson
Zagueiro foi campeão francês e terá a primeira oportunidade com o treinador

Willian
Depois de perder a vaga para Philippe Coutinho, meia do Chelsea terá a oportunidade de começar como titular na vaga de Neymar

Alex Sandro
Titular da Juventus, ele vai disputar nos treinos a vaga com Fagner para a reserva de Daniel Alves

Rodriguinho
Corintiano foi muito elogiado pelo treinador na convocação e acabou chamado para a vaga de Diego, contundido

David Luiz
A boa fase no Chelsea fez o treinador o chamar pela primeira vez para a seleção. Ele tenta vencer a desconfiança da torcida após o vexame na Copa

NA TV
Brasil x Argentina
7h05 (de sexta) Cultura, TV Brasil, site e perfil da CBF no Facebook, aplicativo Vivo Futebol (celular)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2017 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS