PUBLICIDADE

Polícia diz que técnico do Atlético-GO foi achado em motel e descarta crime

Atlético Goianiense

 

A Polícia Militar de Goiás descartou a hipótese de que Marcelo Cabo, técnico do Atlético-GO, tenha sofrido qualquer crime. Em entrevista na manhã desta terça-feira para explicar o desaparecimento, as autoridades disseram que o treinador foi encontrado em um motel e passava bem

Segundo o tenente-coronel Ricardo Rocha, Cabo foi encontrado “na região da BR-153”, mas disse que maiores detalhes sobre o caso serão passado pelo próprio treinador e o Atlético-GO.

“Localizamos o técnico Marcelo Cabo próximo à estrada. Ele foi entregue à diretoria e passa bem. Posteriormente, a diretoria e o próprio técnico vão prestar declarações sobre o sumiço. A Polícia fez a parte dela. Importante esclarecermos isso. Nenhum dissabor e nenhum mal ocorreu a ele”, disse.

A PM-GO revelou que chegou até a localização do técnico com informações do taxista que o levou até o motel e que Cabo foi encontrado lúcido. As autoridades afirmaram, porém, não ter capacidade para afirmar se ele estava sobre efeito de drogas lícitas ou ilícitas.

O caso – Campeão da Série B do Campeonato Brasileiro de 2016 com o Atlético-GO, o técnico Marcelo Cabo desapareceu na madrugada de sábado para domingo, em Goiânia. O sumiço foi registrado pelo clube na Polícia Civil de Goiás tarde desta segunda-feira, no período da tarde.

Após a ocorrência, imagens de câmera de segurança do prédio de Cabo o mostraram no local, pouco antes de 16h, mas ele voltou a se ausentar, em um táxi. O técnico só foi encontrado novamente por volta de 21h, e as polícias Civil e Militar informaram que ele passava bem.

Natural do Rio de Janeiro, Cabo tem 50 anos e chegou ao Atlético-GO em 2016, comandando o time na conquista do título da Série B. No clube, foram 38 jogos, com 22 vitórias, 10 empates e seis derrotas. Antes disso, ele foi observador técnico da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2010.

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2017 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS