PUBLICIDADE

Hernane pede desculpa, e Luiz Antônio lamenta erros de finalização

Bahia

 

Quando Hernane balançou as redes antes do primeiro minuto de jogo, até parecia que o Bahia escreveria um roteiro diferente do habitual nesta Série B. No entanto, ao fim dos 90 minutos, a torcida saiu insatisfeita com mais um tropeço do Tricolor, desta vez um empate em 1 a 1 diante do Atlético-GO. A partida foi disputada na noite desta terça-feira, na Arena Fonte Nova.

Insatisfeito, o atacante Hernane, autor do gol, pediu desculpa ao torcedor e sobre a situação do Bahia, que fica cada vez mais delicada.

– Pedir desculpa. É difícil falar. Mas nosso time não está conseguindo engrenar três, quatro triunfos seguidos. E A competição vai afunilando, ficando mais difícil. Agora é ter tranquilidade, porque sábado temos nova batalha. É vencer fora – afirmou o jogador à rádio Metrópole.

O empate com o Atlético-GO foi o encerramento do primeiro turno para o Bahia. No sábado, a equipe sai para encarar o Avaí, na Ressacada. É mais uma chance para tentar embalar uma sequência positiva, como pede o volante Luiz Antônio.

– Acho que mostramos dentro de campo dedicação. Força. Tivemos tempo, mas não conseguimos sair com o triunfo. Batalhamos, brigamos, tivemos disposição, erros de finalização. Demos bobeira na hora do gol deles. É ter um pouco de paciência. É difícil pedir paciência, mas estamos brigando, empenhados. Quando conseguirmos um triunfo, de repente agora fora de casa, ou emplacar uma sequência, vamos ganhar a confiança da torcida. Com ritmo de jogo, triunfos, a torcida vai confiar na gente – avaliou Luiz Antônio.

O goleiro Muriel lamentou o resultado e afirmou que os jogadores não vão jogar a toalha.

– O goleiro deles fez uma bela defesa. O Alano criou bastante. Tivemos movimentação na frente. Não vamos jogar a toalha. Temos que colocar em prática dentro de campo – declarou o goleiro.

Com o empate contra o Dragão, o Bahia fica na 10ªposição, com 25 pontos, oito a menos do que o rival goiano, justamente a equipe que abre o G-4.

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© PRORROGAÇÃO 2016 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS